Uma cidade inteligente é aquela que usa a tecnologia para transformar os seus sistemas básicos e otimiza o retorno dos recursos cada vez mais limitados. Se a utilizarmos de forma inteligente, estamos também a impulsionar a inovação, fator crítico para a competitividade e para o crescimento económico.

A IBM está a trabalhar no desenvolvimento e inovação de cidades mais inteligentes:

  • Com a tecnologia de Big Data ou a análise de grandes volumes de dados. Esta é a nova matéria-prima do desenvolvimento de negócio e essencial para o progresso de qualquer cidade inteligente. A integração de grandes volumes de dados, a possibilidade de analisar e prever em tempo real, ajuda substancialmente as cidades a melhorarem os seus processos de tomada de decisão e a sua capacidade de resposta às necessidades dos cidadãos.
  • Através da computação em cloud, como o novo modo de acesso à tecnologia. A cloud é um motor de inovação que vem alterar a forma como as cidades usam a tecnologia para criar oferta de serviços ou desenvolver iniciativas tecnológicas.
  • Com um novo modelo de relacionamento que transforma o mundo em que vivemos através das redes sociais. A mobilidade é tão revolucionária hoje como a Internet o foi há duas décadas. As tecnologias sociais proporcionam aos cidadãos, às empresas e aos governos informação vital sobre a vida na cidade. No entanto, a tecnologia móvel é muito mais que apenas dispositivos móveis, fazendo já parte do que chamamos a “Internet das coisas”, permitindo uma maior interligação entre todos os sistemas.

 

A IBM oferece um conjunto de soluções integradas que permitem monitorizar e gerir todos os sistemas e serviços da cidade de forma mais inteligente, graças à sua visão global e centrada nas operações. As soluções para Cidades Inteligentes da IBM atuam em três grandes áreas:

  • Serviços de gestão e planeamento, para elaborar um plano que permita a cada cidade aproveitar todo o potencial dos seus recursos, tanto para benefício dos cidadãos como das empresas. De referir os serviços para otimizar o funcionamento da administração pública, a segurança pública ou o urbanismo;
  • Serviços de infraestrutura, fundamentais para que uma cidade seja habitável. Entre eles destacam-se os relacionados com a gestão da água, da energia, dos transportes ou serviços ambientais;
  • Serviços dirigidos aos cidadãos como indivíduos, entre eles contam-se os serviços relacionados com o trabalho, programas sociais, saúde ou educação.
Saiba mais em IBM Smarter Cities.

 

A experiência da IBM no uso e desenvolvimento dessas tecnologias móveis, cloud, social business e análise de grandes volumes de dados é crucial para ajudar as cidades a darem um novo sentido às suas operações e melhorar este sistema em rede. A IBM disponibiliza soluções que ajudam a projetar cidades mais inteligentes, integrando a experiência dos especialistas com o seu software, hardware e serviços. Um dos exemplos com maior destaque é o Intelligent Operations Center da IBM (IOC).

 

IBM Intelligent Operations Center (IOC)

Através de uma perspetiva abrangente e de um ambiente colaborativo suportado no IBM Intelligent Operations Center (IOC), os vários departamentos e serviços da cidade podem partilhar e obter mais informação de valor através de várias fontes distintas, prevendo e antecipando qualquer situação de emergência. Assim sendo, este sistema permite coordenar os recursos de forma mais rápida e eficiente para uma tomada de decisão em tempo real.

O IOC permite, entre outras coisas:

  • Supervisionar as operações de toda a cidade e responder a acontecimentos e incidentes com base nas informações recebidas dos diferentes organismos;
  • Envolver os cidadãos e as empresas na resolução de incidentes;
  • Compilar e analisar o feedback dos cidadãos através das redes sociais;
  • Gerir uma grande variedade de operações da cidade;
  • Implementar soluções rápidas com o mínimo de recursos de TI.
Saiba mais em IBM Intelligent Operations Center.